sexta-feira, Dezembro 04, 2009

O perfil do "Bom Trabalhador" - actividade de CP4


O "Bom Trabalhador"

Como definiria o "bom trabalhador"? Quais as características que para si são fundamentais num bom profissional?
Reflicta e apresente as suas conclusões.

***

O “Bom Trabalhador”, por Ana Esteves Lopes

O “bom trabalhador” tem que ter características específicas para desempenhar convenientemente a função a que se propõe.

A sua apresentação, a forma como fala com as pessoas, o conhecimento que tem acerca da função que desempenha, do produto que vende ou dos esclarecimentos que tem que prestar a outros, são condições estipuladas por qualquer empresa e que têm que ser cumpridas. De outra forma não verificamos que o trabalhador tenha perfil de bom profissional.

Vou começar então por caracteriza-lo fisicamente. Qualquer trabalhador deve ter cuidado com a forma como se apresenta no seu local de trabalho, estando sempre limpo, cuidado, cativante, agradável e obedecendo às regras de vestuário estipuladas pela empresa.

Quanto a outras características, é importante a sua forma de estar e de actuar no trabalho, deve ser uma pessoa simpática e sensível, adequada à situação. Deve criar sempre empatia com as pessoas que convive profissionalmente, deve ser perspicaz e mostrar-se conhecedor não só da empresa onde está inserido como de tudo o que ela representa. Deve estar confiante, ser leal e ter capacidade de comunicar com todas as pessoas com quem está envolvido. Deve ser uma pessoa com controlo emocional, atenta e com muita concentração em todas as funções que desempenha.

Qualquer bom trabalhador deve ter capacidade de trabalhar em equipa, deve também ser autónomo e pró-activo.

Para as situações difíceis que pode enfrentar, deve mostrar resistência física e emocional.

A organização e o método também tem que estar presentes, assim como a aplicação de todos os conhecimentos necessários ao bom desempenho das suas funções.

Assim sendo um BOM PROFISSIONAL tem que ter BRIO-PROFISSIONAL.

O “Bom Trabalhador”, por Georgeta Ana

O bom trabalhador deverá ter formação para exercer a sua profissão, ter consciência da necessidade de aprendizagem ao longo da vida, pois este facto irá ter consequências no seu desempenho enquanto profissional e constitui uma “vacina”contra o desemprego.

Deverá ter competências sociais, de bom relacionamento interpessoal para poder trabalhar em equipa e partilhar as suas experiências e também os seus fracassos.

Ser eficiente, respeitar o horário de trabalho, deixar os problemas pessoais fora do local de trabalho e ter gosto e entusiasmo naquilo que faz. Estar aberto a novos processos de trabalho.

O "Bom Trabalhador", por Mariana Rocha

Para um bom desempenho profissional, o trabalhador tem de ter algumas características essenciais para realizar as tarefas a que se propõe.

Precisa de ser ambicioso, querer ir mais além na sua actividade. Ter auto-motivação e não ficar à espera de estímulos externos ou de motivação contínua para desenvolver o seu trabalho. A autonomia também é uma característica fundamental, o trabalhador precisa de ter uma iniciativa que venha dele mesmo e não de ficar à espera que as coisas aconteçam por si mesmas, e esta característica também engloba o planeamento das suas próprias actividades.

Deve também saber exprimir as suas ideias e ter a capacidade de se fazer entender, pois a comunicação é bastante importante. Estar aberto a desafios e encarar as mudanças como oportunidades é também uma característica de um bom trabalhador. Procurar ser criativo e encontrar novos métodos de trabalho, apresentar novas ideias fazem igualmente parte.

O saber trabalhar em equipa e não se importar de ajudar os outros é também fundamental, mas nunca descuidando o seu trabalho.

Quanto a características físicas, o trabalhador deve saber cuidar da sua imagem, ou seja, não deve usar uma vestimenta demasiado “casual” ou descuidada, deve ter cuidado com a sua higiene, de forma a estar apresentável.

O “Bom Trabalhador”, por Liliana Brito

Um bom trabalhador deve partilhar os objectivos da empresa, e por isso sentir que os sucessos da empresa são os seus próprios sucessos.

Um bom profissional ambiciona ir mais além na sua actividade; não espera estímulos externos para desenvolver a sua actividade. Não necessita de motivação contínua; tem iniciativa própria; não espera que as coisas aconteçam. Para além disso, planeia as suas actividades.

Um bom profissional sabe exprimir as suas ideias. Tem a capacidade de se fazer entender.

Estabelece e compromete-se com objectivos, e faz tudo o que pode para cumpri-los. É orientado para os resultados. Procura adaptar-se a mudanças, que encara como oportunidades, e não como ameaças. Está aberto a desafios. Procura apresentar novas ideias. Procura ser criativo e encontrar novos métodos de trabalho.

Procura integrar-se no espírito da empresa, procura assimilar a cultura e valores da mesma. Gosta de trabalhar em equipa. Não se importa de ajudar os outros (embora não descuide de seu trabalho). Define prioridades, e não "perde" o seu tempo com questões pouco importantes.

Ou seja, é necessário ter:

  • Afinidade com a empresa
  • Ambição
  • Comunicação
  • Auto-motivação
  • Autonomia
  • Cumprimento de objectivos
  • Flexibilidade
  • Inovação Integração
  • Trabalho em equipa
  • Saber organizar o tempo

Um Bom Profissional tem que ter Brio Profissional!

O meu profissionalismo enquanto assistente administrativa: utilizo processos e técnicas de natureza administrativa e comunicacional, posso utilizar meios informáticos a assegurar a organização de processos de informação para decisão superior. Tendo aplicar as características que refiro no texto anterior.

O “Bom Trabalhador”, por Joana Ferreira

Um bom trabalhador deve saber ler e escrever, ou seja, no mercado de trabalho da actualidade um trabalhador não vai a lado nenhum sem saber ler e compreender textos, imagens e números. Um bom trabalhador deve ter a capacidade de fazer cálculos e de resolver problemas, pois é necessário raciocínio lógico, livre iniciativa e saber respeitar os outros.

No mercado de trabalho em que estamos inseridos é muito importante para um trabalhador saber observar, analisar, interpretar e expor as suas ideias de forma clara, directa e eficiente. Um bom trabalhador deve ter opinião própria, andar sempre bem informado e saber organizar e manejar bem essa informação.Para se ser um bom trabalhador devemos saber organizar a nossa vida e o nosso trabalho, saber analisar situações, definir estratégias, solucionar problemas e avaliar os resultados obtidos.

Um bom trabalhador deve saber falar bem e ter uma boa argumentação; também deve estar informado sobre as inovações do mercado para poder ser bem sucedido.

Um bom trabalhador para além de saber trabalhar individualmente, também deve saber trabalhar em grupo e ser criativo.

Existem alguns factores que são essenciais para se ser um bom trabalhador tais como:

- Assiduidade e pontualidade: demonstra que o trabalhador é uma pessoa responsável e consciente;

- Ética: não falar mal das pessoas e lugares onde trabalhamos anteriormente;

- Cumprimento de prazos: ser responsável e fazer todas as tarefas dentro dos prazos estabelecidos;

- Bom relacionamento: um trabalhador que se relaciona bem com os colegas é sempre reconhecido em qualquer local de trabalho.



"O Bom Trabalhador", por Tiago Viçoso

Ser “Bom Trabalhador” não é tarefa fácil, exige esforço e empenho constantes. Para se ser bem sucedido e reconhecido pelo trabalho que se desempenha é necessário ter algumas características como:

Ser Responsável
Não negligenciar os seus compromissos, ter a sua agenda sempre bem organizada, saber fazer um bom trabalho dentro dos prazos que lhe são dados, ser sempre pontual nos seus compromissos profissionais. Esta é uma qualidade imprescindível para quem quer ser distinguido como um bom profissional.

Ser Ambicioso
Ambição tem a ver com empenho e com a vontade de querer sempre um pouco mais. Ter sempre em vista um objectivo bem preciso e lutar até o conseguir concretizar. Ter ambição é uma característica fundamental.

Ser Criativo
Ter ideias inovadoras. Estar sempre atento a novas oportunidades ou desafios. Tentar obter a ideia certa no momento certo demonstra atenção e capacidade para solucionar problemas.

Ser Dinâmico
Dinamismo é sinónimo de produtividade. Ninguém gosta de ter na sua empresa alguém parado e que precisa de pedir licença a uma mão para mexer a outra.

Ser Eficiente
Ter sempre o trabalho pronto a tempo e horas, e bem feito. Mostrar empenho e dedicação ao trabalho.

Ser Sensato
Ter os pés bem assentes na terra e não se deixar levar por devaneios ou por projectos demasiado audaciosos. Ter a sensatez de nunca dar um passo maior que a perna, tendo sempre a noção do que consegue realmente fazer. É preferível fazer pequenas coisas mas fazê-las bem, do que querer fazer demais e não conseguir alcançar os objectivos traçados.
Estas são apenas algumas qualidades de que um “bom trabalhador” deve predispor para conseguir vingar no mercado de trabalho. Para além do que já foi mencionado há que salientar a satisfação do trabalhador em si. O nível de satisfação e felicidade do trabalhador em relação ao trabalho que realiza permite-lhe “vestir a camisola” da empresa para quem trabalha, aumentando consideravelmente as hipóteses de que os serviços prestados o sejam feitos de forma eficiente e satisfatória.

Sem comentários:

Enviar um comentário